O Estúdio Matiz foi criado em 2010 com o objetivo de produzir fotografias de alta qualidade, em todas as áreas de produção visual, com um nível de exigência de estado da arte. Com expertise de mais de 20 anos, construímos uma empresa dedicada à preservação da memória cultural.

 

Nossa primeira incumbência foi a de cuidar, através da preparação de imagens, dos aspectos da cultura brasileira histórica e contemporânea que nos chamam a atenção tanto pelo interesse e a singularidade, quanto pelo risco de perecimento e a falta de acesso remoto dinâmico. Participamos dos primeiros levantamentos do projeto de digitalização da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, quando ainda era um acervo particular. 

HISTÓRIA

A partir de então mergulhamos nas técnicas de captura digital, tendo gerado  milhares de arquivos digitais de milhares de estúdios, sejam a partir de fotografias antigas, de negativos de vidro, de livros raros, de pinturas, de documentos históricos, de objetos de arte, de ilustrações ou desenhos científicos. 

 

Atualmente oferecemos a experiência de quem já vivenciou a produção técnica de exposições, a participação em dezenas de livros, a impressão digital de milhares de imagens, a reprodução de acervos importantes e soluções de inúmeros desafios trazidos pelos nossos clientes.

Hoje o Estúdio Matiz está estruturado em quatro áreas: digitalização, tratamento, produção gráfica para o editorial de arte, impressão fine artse consultoria organizacional de acervos digitais para famílias, artistas e fotógrafos, com capacidade para executar serviços do mais alto nível. Sempre aliando tecnologia de última geração à nossa principal característica, o zelo da produção artesanal.

PUBLICO ALVO

  1. Famílias em busca de preservação de material fotográfico pessoal;

  2. Fotógrafos e artistas plásticos;

  3. Artistas que necessitem de gerenciamento na organização comercial dos seus trabalhos, focando na organização para a melhor acessibilidade e venda das obras;

  4. Empresas antigas e sólidas que possuem acervos documentais históricos;

  5. Empresas que utilizam campanhas publicitárias que dependam de tratamento profissional de imagem para divulgar seus produtos e coleções. Focado no gerenciamento qualitativo da campanha e melhor apresentação estética e conceitual do catálogo, do site e das mídias sociais;

  6. Empresas mantenedoras de cultura;

  7. Museus, institutos culturais, bibliotecas, galerias, escritórios de arte; 

  8. Empresas patrocinadoras destes produtos derivativos dos públicos-alvo acima;

  9. Editoras de fotografia e arte;

 10. Marchands.

Icone2019-branco.png